Molly Tucker

Pequena notável

Molly Tucker venceu com facilidade a prova de cinco quilômetros de Dragon’s Fire, no sábado passado, deixando a segunda colocada mais de dois minutos atrás.

Essa informação, publicada em um jornal local do interior do Texas, não teria razão para ser repetida em nenhum outro lugar do planeta, virtual ou concreto, não fosse o fato de a senhora Tucker ter apenas dez anos de idade.

A garota vem se provando um fenômeno na região, ganhando na sua faixa etária, é claro, mas especialmente competindo com adultos e tendo ótimo desempenho na geral em provas de cinco quilômetros.

"Correr é minha paixão. Um dia eu quero ser uma corredora olímpica", diz ela, completando: "Meu modelo e ídolo é Flo-Jo".

Ela se refere à corredora norte-americana Florence Griffith Joyner, que conquistou três ouros em Seoul-88 e morreu de problemas cardíacos aos 38 anos, em 1998.

Como treino, a garota corre cerce de 30 quilômetros por semana, acompanhada pelo pai na bicicleta.

Em recente provas na região, ela se classificou em primeiro lugar entre as mulheres, todas as idades, em quatro corridas.

Imagino que você, como eu, já esteja se perguntando se isso é bom para uma criança tão jovem.

Em geral, a resposta de médicos, ortopedistas, pediatras e terapeutas é contra a participação de crianças em esportes competitivos, ainda mais tão exigentes quanto a corrida.

Mas vá dizer isso para a feliz texanazinha...